Casas de madeira e casas modulares boas alternativas

Casas de madeira e casas modulares boas alternativas

A cada geração que a construção atravessa, surgem novas tendências que assim que ganham raízes, dificilmente se abandonam. É o caso da construção de casas. Em Portugal ainda se mantêm a tradição da típica casa de cimento e tijolo, erguida para constituir família, onde possa ter um jardim à volta e uma piscina para os mais afortunados. Cada vez mais nos aproximamos da sociedade americana relativamente ao cuidado que temos com os nossos jardins, daí a preocupação em querer ter uma casa convencional, sem os olhares curiosos dos vizinhos, para que assim o alvo de atenção seja o que está à volta. Mas serão as casas de madeira e as casas modulares boas alternativas às casas tradicionais?

Casas convencionais de tijolo e cimento

À medida que nos aproximamos do meio do século, surgem também novos materiais de construção que são aplicados nas casas convencionais. O mármore, por exemplo, foi um material esquecido e que agora volta a ser muito utilizado. A ardósia, que dantes serviria de telha da casa, hoje é um material de decoração, tanto para o exterior como para o interior. Chamam-se casas tradicionais ou convencionais pelas razões que apresento. Por mais que tenham vantagens sobre outro tipo de construção, o preço que se paga por uma casa destas é extremamente elevado, para além do facto de ser pouco ecológico e pelo tempo de espera em relação à sua construção.

Estes e outros factores têm vindo a fazer com que outros tipos de casas venham a ganhar adeptos. O facto de que nem sempre tudo ficar como se pretende no final, dá uma grande vantagem a outros tipos de construções. Mas falando desses tipos de construções, temos por exemplo as casas de madeira, existem alguns mitos sobre as casa de madeira, há quem pense que são só para as pessoas que vivem um pouco à margem da sociedade, mas felizmente essa ideia já foi completamente posta de parte. Bem pelo contrário, hoje é um investimento que por vezes sai mais caro do que uma casa convencional. Comecemos então por perceber o que são estas casas de madeira e o que as distingue dos outros tipos de casas.

Casas de madeira uma opção a considerar

As casas de madeira ganharam nas últimas décadas uma popularidade extraordinária, deixando de parte as ideias convencionais que ainda perduram. De facto, os custos são mais reduzidos e tem a característica de estar permanentemente ligada à natureza. É claro que os nossos hábitos mudam consoante o tipo de casa que temos. Às vezes até os hábitos alimentares mudam. A madeira é um material excelente para a construção. Antes de casas, já se construíam imóveis e móveis em grandes quantidades. É dos materiais de construção mais antigos de que temos registo.

Vantagens das casas de madeira

A madeira é um material orgânico e com isso, uma excelente aposta se o seu problema é a humidade. A madeira faz com que as condições térmicas no interior da sua casa sejam sempre constantes, uma grande ajuda nas despesas com aquecedores e ar condicionado. Sendo um material directamente extraído da natureza é certamente muito ecológico e têm grade durabilidade. E uma vez que são rápidas de construir, há cada vez mais empresas a apostar neste tipo de construção, ou seja, mais competitividade e consequentemente preços mais reduzidos. Além disto existem muitos outros benefícios das casas de madeira para os seus residentes.

Os pequenos inconvenientes das casas de madeira

Mas como nem tudo são boas notícias, também há pontos fracos neste tipo de casas. Há por exemplo a questão os ruídos emitidos pela madeira. Não é um problema, mas é um desconforto. Mais preocupante que isso é o facto de exigir uma manutenção especial. A madeira precisa de ser tratada regularmente para se preservar por muito tempo. Pode contratar serviços que façam isso por si, mas certamente irá gastar dinheiro mal gasto, pois esta é uma tarefa que qualquer um pode fazer. Dá trabalho, sim, mas se a sua ideia é ter uma casa destas, tem que se preparar para este desafio constante.

Casas modulares outra opção a considerar

Outro tipo de construção muito procurada principalmente para quem tem uma vida agitada e não pretende estender muito a família, é a casa modular. As casas modulares são edifícios pré-construídos por secções ou casas montadas em vários módulos, tal como as casas pré-fabricadas de aço. Vem preparadas desde a fábrica e são montadas no local de construção, através de grandes máquinas. Geralmente usam materiais mais caros que as casas manufacturadas. Para além de poderem ser personalizadas, podem ter vários andares e caves. A sua estrutura depende de vigas de madeira e postes em metal.

O que acontece que resolvermos ter uma casa modular?

O preço das casas modulares são sempre mais baixos, pois a sua produção em fábrica permite-o. Por ser feito tudo em fábrica, a construção não depende do estado do tempo, ao contrário das outras construções. Para além disso, o tempo de construção é relativamente pouco e o desperdício de materiais é nulo. Esta sua casa acaba por ser um pouco “construção em legos” pois sempre que quiser, pode adicionar mais módulos  basta pedir na fábrica. No entanto, quando decidir ter uma casa modular vai encontrar um pequeno problema que não acontece quando se compra uma casa construída de raiz: o terreno.

Portanto, o melhor mesmo é começar a procurar um terreno e só depois pensar na sua casa. A escolha do seu local para viver vai determinar a sua forma de vida, portanto, antes de decidir, pense bem o que quer fazer e de que modo é que a sua casa o vai condicionar. Depois de a casa estar pronta, voltar atrás já não é uma solução.

Vai gostar também de ler:

Este artigo está inserido em Ambiente e Ecologia, Casas modulares, Estética e Construção com as seguintes etiquetas , , , , . Guarde este artigo nos seus favoritos.

Uma resposta para Casas de madeira e casas modulares boas alternativas

  1. Antonio disse:

    Tanto uma casa de madeira como uma casa modular me parecem bem melhores que as de betão que temos hoje em dia, quando tiver uma casa só minha vai ser uma das duas sem dúvida. Muito bom artigo agradecido pela partilha

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>